Aloha, espíritos imaginantes!

Aloha, espíritos imaginantes!

Saudades daquele menino sorridente que conheci em BH na época de faculdade e que me levou para conexões imaginárias…

Do blog do efe, que conheci pelo Dani;

Hoje completam-se sete anos desde que Daniel Pádua se foi. E até hoje não conseguimos juntar material para a publicação que tantas vezes ensaiamos. Abrimos um espaço para receber material sobre o Dpadua. Textos, imagens, vídeos, posts de blog. E também coisas dele ou sobre ele que andem perdidas pelas internets, HDs, gavetas.

O espaço para contribuições fica aqui:

http://acervos.culturadigital.br/beta/collection/dpadua/

A ideia é reunir material e engrossar a homenagem ao Daniel que está sendo preparada para dezembro na Ocupação Mercado Sul, em Taguatinga.

GDF reforma o parquinho da SQN 405!

GDF reforma o parquinho da SQN 405!

O parquinho da SQN 405 está em condições deploráveis, impossibilitando seu uso por parte das crianças da região e estudantes da escola classe. Além disso apresenta risco para as crianças que insistem em utilizá-lo, tanto de ferimentos leves, como também de tétano, ademais de se tornar um foco de reprodução do mosquito da dengue/zicavirus. Continuar lendo “GDF reforma o parquinho da SQN 405!”

MinC abre duas novas consultas públicas

Publicado originalmente no Culturadigital.br.

O Ministério da Cultura, por meio da Diretoria de Direitos Intelectuais, abre duas consultas públicas sobre instruções normativas que visam regulamentar a Legislação de Direitos Autorais, no que tange às novas competências conferidas pela Lei nº 12.853/2013, regulamentada pelo Decreto nº 8.469, de 22 de junho de 2015 e Instrução Normativa/MinC nº 03, de 07 de julho de 2015 (PDF). Continuar lendo “MinC abre duas novas consultas públicas”

Internet, cidadania e diversidade: rumo ao IGF 2015

Internet, cidadania e diversidade: rumo ao IGF 2015

Semana passada, adorei participar da comissão de seleção do Edital Cultura de Rede Local, da Secretaria da Cidadania e da Diversidade Cultural (SCDC) do MinC. Dentre os inscritos e habilitados haviam projetos incríveis de alto impacto local como, por exemplo, iniciativas para trabalhar com deficientes físicos no interior do nordeste, ou programas voltados para populações de imigrantes,  LGBT, dentre vários outros. Foi uma semana intensa de trabalho, mas que ao mesmo tempo foi revigorante por conhecer estas iniciativas, que em sua maioria nunca receberam recursos do governo federal. Continuar lendo “Internet, cidadania e diversidade: rumo ao IGF 2015”

Desenvolvimento da plataforma das eleições do Conselho Nacional de Política Cultural

Publicado originalmente no culturadigital.br.

Como elaborar um cadastro de eleitores e candidatos dos 26 estados do Brasil e Distrito Federal relacionado a dezesseis setoriais? E simultaneamente relacionar este cadastro a 432 fóruns em que as pessoas postem comentários e votem nas candidaturas? Continuar lendo “Desenvolvimento da plataforma das eleições do Conselho Nacional de Política Cultural”

Plataforma eleitoral Conselho Nacional de Políticas Culturais

Plataforma eleitoral Conselho Nacional de Políticas Culturais

Como elaborar um cadastro de eleitores e candidatos dos 26 estados do Brasil e Distrito Federal relacionado a dezesseis setoriais? O caminho mais fácil era sem dúvida um formulário gigante para inserção de dados. Afinal de contas em HTML5 ficou tudo mais simples. Mas este é o pensamento do desenvolvedor, não do designer.

Tive a liberdade de fazer a engenharia reversa e, com isso, mudar inclusive a lógica da programação. Por isso, atenção vocês que desenvolvem projetos Web e deixam o design só para o final! Continuar lendo “Plataforma eleitoral Conselho Nacional de Políticas Culturais”

Construção da plataforma da Política Nacional das Artes

Construção da plataforma da Política Nacional das Artes

O Culturadigital.br retoma sua vocação de inovação na formulação de políticas públicas colaborativas desenvolvendo e hospedando a plataforma da construção da Política Nacional das Artes, lançada hoje (9/6), na Funarte, no Rio de Janeiro.

A principal novidade é que as pessoas poderão optar por interagir em diferentes níveis de participação. É possível votar em prioridades, com apenas um clique, além de comentar os planos setoriais de Artes Visuais, Circo, Dança, Música, Literatura e Teatro. Continuar lendo “Construção da plataforma da Política Nacional das Artes”