Jardim acadêmico

Jardim acadêmico

Estar em um doutorado é um compromisso de quatro anos consigo mesma.

É um trabalho de jardinagem, meio formiga, meio plantação de mudas.

Joga as sementes e espera para ver.

Algumas vingam, outras não.

Às vezes demora a sair, mas uma hora brota.

Super feliz de publicar em uma revista com qualis A2 o resultado do mestrado. Confere lá:

Democracia digital: consultas públicas interativas

Todo agradecimento a meu orientador de mestrado, Rogério e meu co orientador Tiago – (E toda equipe do PPG Design da UNB).

O trabalho de formiga continua… dando as bases pras mudas crescerem e brotarem!

E em outubro, bora pra Caxambu fazer a via crucis acadêmica….

MinC abre duas novas consultas públicas

Publicado originalmente no Culturadigital.br.

O Ministério da Cultura, por meio da Diretoria de Direitos Intelectuais, abre duas consultas públicas sobre instruções normativas que visam regulamentar a Legislação de Direitos Autorais, no que tange às novas competências conferidas pela Lei nº 12.853/2013, regulamentada pelo Decreto nº 8.469, de 22 de junho de 2015 e Instrução Normativa/MinC nº 03, de 07 de julho de 2015 (PDF). Continuar lendo “MinC abre duas novas consultas públicas”

Compartilhando trabalhos recentes

Compartilhando trabalhos recentes

Publicado no blog designlivre.org

Quando estávamos escrevendo o livro Design Livre, em janeiro de 2012, tinha acabado de terminar uma especialização em Design de Interação na PUC-Minas. E o trabalho era justamente sobre o tema, olha o título; Inovação no Design de Interação: Design livre para modelos sustentáveis. Tratava o design livre como processo de inovação que podia ser utilizado para projetos de design sustentável e emocional. Continuar lendo “Compartilhando trabalhos recentes”

Democracia 3.0: Interação entre governos e cidadãos mediada por tecnologias digitais

Agora sou mestra em design! Melhor, em design de informação e interação! O PDF do trabalho já está online aqui. Foram dois anos muito bem vividos, parte em BH, parte aqui em Brasília. A Universidade de Brasília foi um universo magnífico de criatividade e liberdade. Um campus aberto, sem cercas, em uma cidade que aprendi a gostar. Abaixo o vídeo da defesa na banca e os slides de apresentação.