Este semestre fiz estágio docente na disciplina Mídia e Política (PDF), da graduação em ciência política da UnB, com o professor Luis Felipe Miguel.

Na última sexta feira dei a aula sobre Internet e  política em formato de aula pública na ocupação da reitoria da Unb.

Compartilho abaixo as notas e alguns links. Sugestões e comentários são bem vindos. Minha ideia é futuramente construir uma ementa de disciplina para aprofundar sobre o tema.

Aula: As novas tecnologias e a crise do jornalismo. Democratização ou anomia?

Três grandes fases da Internet

Era pré Web: Internet restrita a meios acadêmicos e militares. Pessoas precisavam ter um alto conhecimento técnico para utilizá-la. O filme Jogos de Guerra (WarGames – 1993) ilustra bem esta época.

Era de “ouro”; o surgimento da Web. A partir da década de 1990 marcada por novos protocolos, a interface gráfica e aplicações hoje consolidadas como Google, Blogs, Youtube, etc. Pessoas com conhecimento técnico intermediário utilizando. O seriado Halt and Catch Fire (2014) narra muito bem a passagem da primeira era para a segunda.

Era atual – centralidade (bolhas), vigilância (comercialização de dados pessoais) e aproximação com meios de comunicação de massa – Seriado Mr. Robot (2015) demonstra bem o status atual da rede. Crianças utilizam a Internet sem dificuldades.

Além disso, entre a primeira fase e a terceira é importante destacar o surgimento dos dispositivos móveis, em especial celulares.

Os textos indicados para a aula focam no final da segunda era aqui destacada.

Em primeiro lugar é preciso entende que a Internet não é uma esfera pública (nenhum dos três tipos destacados por Habermas; episódica, de presença organizada ou abstrata).

Divisão digital. Acesso é apenas o primeiro passo, é necessário um letramento para lidar com o novo meio.

Muitos falam, mas não necessariamente são ouvidos, ainda mais atualmente com a centralidade das informações. Ampliação das fontes de informação o que coloca em debate a questão da confiabilidade das informações versus a inteligência coletiva.

Condições requeridas para a participação política. Redução dos custos de participação.

Mecanismos de participação política; Brasil pioneiro com a consulta pública do Marco Civil da Internet, Participa.br. Experiência do Dialoga Brasil e eleições do CNPC. Espaços de deliberação online e offline.

Ditadura da maioria? E se houvesse uma consulta pública online sobre a redução da maioridade penal no Brasil?

Facilidade de acesso e uso – usabilidade e acessibilidade.

Ativismo de sofá (democracia de apertar botões) e a efetividade da participação. Déficit de participação e elites tecnocráticas.

Novas modalidades de resistência: o hackativismo.

Não se trata de superação dos limites de espaço e tempo e sim de uma nova configuração de espaço e tempo.

Texto do Gomes destaca a Internet como espaço autonomia da sociedade civil e o papel do Estado, mas não pontua o papel desempenhado pelo mercado, que é cada vez mais central no debate.

Gomes também afirma que o sistema político continua fechado, mas não é o que o Podemos ou o M5S nos mostram.

Internet e os meios de comunicação de massa.

A “ciberameaça” – Vigilância, NSA, Snowden.

A esperança: Alguns países como Uruguai e Estados Unidos já compreendem a Internet enquanto um direito do cidadão, assim como o acesso a água e luz.

No Brasil alguns serviços como inscrições no Enem e o imposto de renda são exclusivos pela Internet, mas o governo não garante o acesso, o que indica uma contradição.

Contexto atual; projetos de lei em tramitação PL 215/2015 – PL Espião, dentre outros.

Formação da preferência e convicções – affective publics – liberdade de expressão e discurso de ódio.

Associativismo na era digital; espaço de mobilização, divulgação. Ações coletivas. exemplos de redes para produção de conhecimento, redes de memória, redes para produção de recursos comunicativos, redes de vigilância e solidariedade à distância.

Supervisão e processo de prestação de contas. Governo aberto e transparência.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s